Rita de Cássia da Silva, mãe de Jonathan

Rita de Cássia foi a última mãe a perder um filho assassinado por Chagas. Por causa do crime contra Jonathan, que na época tinha 15 anos, o matador foi pego pela polícia. “A minha vida agora é só tristeza. Não é mais nada”, diz Rita.